Planejamento Supply Chain Rodilson Silva

6 principais tendências na Cadeia de Suprimentos

Otimização da Cadeia de Suprimentos através de novas tendências que buscam minimizar interrupções, atentando não somente ao seu ambiente interno, mas também a todos aqueles envolvidos de alguma forma em seu processo produtivo, fazendo as devidas adequações e substituições.

O gerenciamento da Cadeia de Suprimentos – Supply Chain – está sempre evoluindo. Na verdade, as técnicas mais inteligentes para a otimização da Cadeia de Suprimentos está em constante mudança e, a menos que você se mantenha atualizado, você pode prejudicar sua cadeia com tecnologias desatualizadas e procedimentos ineficazes em termos de custos.

Lembre-se: a “grande coisa” de um ano pode revelar-se um fiasco no próximo. Mas aqui apresento seis tendências que continuam a florescer no gerenciamento da Cadeia de Suprimentos.

Curso - Lean Manufacturing na Cadeia de Suprimentos

Curso – Lean Manufacturing na Cadeia de Suprimentos

1. Quebrando Silos

Para uma verdadeira otimização da Cadeia de Suprimentos, as empresas estão quebrando silos por “criar ambientes mais colaborativos” e por tornar os processos mais eficientes e transparentes. Além disso, uma ruptura de silo garante que as empresas economizem, reduzindo atrasos e reagindo às mudanças mais rapidamente.

2. Reestruturação da logística do varejo eletrônico

Em 2016, o comércio eletrônico cresceu de 9% do mercado de varejo para 30%. Com este crescimento explosivo, os varejistas precisam estar aptos a entregar os produtos a tempo. Algumas empresas estão investindo em drones e crowdsourcing (contribuição colaborativa ou colaboração coletiva) para se adaptar ao mercado em mudanças.

A Mercedes Benz, por exemplo, investiu mais de US $ 500 milhões em vans de entregas que lançam embalagens por meio de drones através do telhado dessas Vans.




3. Preparação para o desastre

A otimização da Cadeia de Suprimentos requer uma preparação independente em relação ao clima. Com os recentes padrões climáticos tão incomuns em todo o mundo, as empresas precisam avaliar o risco de paradas e  interrupções por atualizar suas estratégias de gerenciamento de riscos para lidar com mudanças climáticas globais.

4. Realinhamento do C-Suite

C-Suite – Grupo de oficiais de uma organização comercial, que tem a palavra “chief” em seus títulos

Em uma pesquisa de 2013, 62% dos entrevistados achavam que os altos funcionários não conseguiriam se adaptar com o correto gerenciamento da cadeia de suprimentos. Em 2017, essa dinâmica continuará mudando à medida que os CFOs, CEOs e investidores assumem um papel mais regular em avaliações e gerenciamento de riscos na Cadeia de Suprimentos. Este compromisso os ajudará a equilibrar o crescimento e o melhor serviço ao cliente.

5. Utilização adicional de IoT (Internet of Things)

A Internet das Coisas (IoT) é a próxima revolução tecnológica, que deverá gerar mais de

IOT - Internet of Things - Cadeia de Suprimentos

IOT – Internet of Things – Cadeia de Suprimentos

US $ 300 B até o ano 2020. A IoT também gerará quantidades de dados sem precedentes e seu impacto será sentido em todo o grande universo de dados.

 

A otimização da Cadeia de Suprimentos em 2017 será resumida pelos dados da IoT e a alavancagem desses dados em tarefas acionáveis. Os dados agora podem ser mais atuais e mais externos do que poderia em anos anteriores. Além disso, as redes públicas de nuvem oferecem melhores oportunidades para a otimização da Cadeia de Suprimentos e coleta de dados externos.

6. Análise Preditiva

A demanda do consumidor pode ser mais precisamente prevista com o rastreamento analítico preditivo, incluindo dados de pesquisa e rastreamento de localização. Esse tipo de dados pode ser usado para criar uma organização enxuta com níveis de inventário mais precisos na Cadeias de Suprimentos.

Formação de Gestores na Cadeia de Suprimentos

Curso Logística na Cadeia de Suprimentos

Cadeia de Suprimentos integrada e gerenciamento de riscos

A evolução é a chave para garantir que a sua Cadeia de Suprimentos sobreviva – e prospere – no mundo dos negócios volátil de hoje. Se você aderir a estratégias testadas e verdadeiras sem adotar estratégias dinâmicas de gerenciamento de riscos e uma Cadeia de Suprimentos integrada, corre o risco de ficar para trás.

Além de considerar a adoção das estratégias acima, também pense em incorporar mais ferramentas de gerenciamento de riscos que possam resolver seu principal objetivo: minimizar as interrupções e atingir metas oportunas.

Gostou do conteúdo, por favor compartilhe!!!




CURSOS ONLINE
Cursos online para qualificação profissional, em diversas áreas do conhecimento, com certificados válidos para você dar upgrade na sua carreira.

Cursos Online

Cursos Online

Compartilhe

Sobre o autor | Website

Rodilson Empreendedor Digital, Autor, Colunista, investidor e fundador do Site Guia Corporativo.