Planejamento Rodilson Silva

11 Passos para ficar Rico

Essa nova geração está muito mais preocupada com a construção de riquezas para si, e em como conseguir acumular ativos em longo prazo.




Quando eu era jovem, eu era muito ruim com o dinheiro, mas agora eu aprendi que quando se trata de construir riqueza pessoal, muitas vezes as melhores estratégias são os hábitos simples que, quando devidamente implementados, acabam valendo a pena no final. O desafio, é claro, é que a responsabilidade financeira nem sempre é fácil quando as contas se acumulam e você sente que não tem a capacidade de economizar. Mas parte da construção da riqueza é aprender a disciplinar seus gastos para que você esteja sempre operando no positivo – em vez de acumulação de dívida.

Se a construção da verdadeira riqueza para si mesmo é algo que você está interessado, esses passos serão a sua base para que o cultivo de hábitos financeiros positivos o guie na direção desse objetivo.

Nunca opere com perda.

O passo mais simples para a construção da riqueza que as pessoas lutam tanto para conseguir é gastar menos do que eles ganham. Pode parecer ridículo, mas é a verdade – muitas pessoas gastam mais do que elas ganham e a diferença vai para o cartão de crédito. Elas assumem que irão ganhar mais dinheiro no futuro e que tudo vai “se resolver”, quando na realidade, no momento em que começam a ganhar mais dinheiro, mais elas gastam.

O mau hábito permanece, e elas continuam a operar com perda.

Coloque uma taxa mensal sobre si mesmo.

Se o governo de repente aumentar os impostos e te forçarem a pagar um adicional de R$ 100 por mês, você com certeza iria encontrar uma maneira de pagar. Você teria que pagar! No entanto, quando se trata de poupar dinheiro, as pessoas constantemente encontram maneiras de racionalizar a sua incapacidade de poupar R$ 100 por mês.

Configure uma transferência bancária automática para que assim que você receber o seu salário, uma pequena parte dele entre imediatamente em sua conta poupança. Você deveria fingir que essa conta nem existe. E dentro de alguns anos, você vai agradecer a si mesmo.

Não opere no mercado de ações sem ajuda

A menos que o seu trabalho diário seja de operador da bolsa , não opere no mercado de ações sem ajuda. Não pense que você é mais esperto do que o mercado. Não pense que você sabe quais ações vão subir ou cair. Pensar que você pode fazer casualmente o que algumas pessoas fazem em sua carreira inteira é ingênuo e imprudente. Na melhor das hipóteses, é um jogo.

Em vez disso, invista uma parte do dinheiro que você está disposto a perder em empresas que você gosta e quer manter ao longo dos anos. É melhor se você tomar essas decisões com um consultor financeiro.

Tenha múltiplas fontes de renda

Mesmo os empreendedores mais bem sucedidos do mundo têm rendas paralelas. De acordo com Warren Buffet, o milionário médio tem sete fontes de renda. Ter múltiplos fluxos de renda é apenas parte do processo.

A melhor coisa que você pode fazer é descobrir o que você pode oferecer que agrega valor verdadeiro. Um exemplo perfeito na internet é o famoso empresário Sam Ovens, que fez milhões vendendo cursos online e consultoria para negócios.

“A grande lição que aprendi é que você tem que vender algo que o mercado realmente quer”, disse Sam Ovens a “The Epoch Times”.

Simples, mas é assim que deve ser.

Sempre pague seus cartões de crédito.

Não importa o quão empreendedor você é, maximizar o uso de seus cartões de crédito sem um fluxo de renda confiável para pagá-los em tempo hábil é irresponsável.

Você sempre quer tomar decisões financeiras com base no que você está fazendo atualmente, não no que você acha que vai fazer. Espere até que você tenha o dinheiro disponível antes de reinvestir ou gastá-lo. Caso contrário, você vai encontrar-se afogado em pagamentos e juros.

Defina metas financeiras no início de cada trimestre e em cada ano.

Quando você tem um objetivo, você tende a ser mais responsável com seu dinheiro. É quando você não tem um objetivo que é muito mais fácil racionalizar compras espontâneas.

No início de cada ano, defina um grande objetivo para si mesmo e, em seguida, divida essa meta em incrementos de três meses (trimestres) para que você possa verificar o seu progresso à medida que avança. Esses objetivos menores são o que ajudam os objetivos maiores a parecerem mais atingíveis, e lhe dará uma noção se você está no caminho certo conforme progride.

Siga a regra 50-30-20.

Resumido em um grande artigo na Nerdwallet, muitos peritos financeiros sugerem que 50 por cento de sua renda deve ser gasta em necessidades (tais como a casa, pagamentos do carro, alimentos, etc.), 30 por cento deve ser gasto no que você quer (roupas, Jantares, etc) e os restantes 20 por cento devem ser poupados.

Especialmente quando você é jovem, você provavelmente vai operar mais perto de 70-20-10, vivendo fora com 70 por cento de sua renda, gastando 20 e poupando 10. Se você pode mesmo seguir isso, você está em boa forma . Mas seu objetivo deve ser trabalhar para seguir a regra 50-30-20.

Cerque-se de pessoas financeiramente responsáveis.

Nada gera mais sucesso financeiro do que sair com pessoas que já o alcançaram. Isso significa que você precisa encontrar pessoas mais velhas do que você com quem você pode aprender e também se certificar de que seu grupo de amigos é composto de pessoas que compartilham objetivos financeiros semelhantes. Pode ser difícil aderir a disciplinas financeiras quando você está gastando tempo com pessoas que espontaneamente gastam sem pensar.

Uma ótima maneira de aprender sobre a arte das finanças é encontrar um amigo que possa ser o seu mentor durante todo o processo – alguém que tenha alcançado seu próprio sucesso financeiro. Se você mostrar um interesse sério em aprender a construir o mesmo para si, as chances são maiores de encontrar alguém que ficará feliz em ajuda-lo. A disposição para aprender leva um longo caminho.

Julgue-se durante o ano, não no mês.

Embora seja importante manter um guia sobre como você está fazendo mês a mês, é muito mais importante julgar o sucesso ao longo de períodos mais maiores. Um ano é uma boa indicação de suas práticas financeiras. Alguns meses podem não ser tão bons (coisas acontecem), outros podem ser maravilhosos.

Mas o que é importante é que, no final do ano, você poupou pelo menos 10% de sua renda. Caso contrário, se nada está sendo poupado, como você espera construir verdadeira riqueza para si mesmo?




Seu dinheiro deve ganhar mais dinheiro para você.

No final do ano, se você não trabalhar em todos e não gastar um centavo, você ainda deve ter mais dinheiro. Mesmo quando o seu dinheiro é apenas sentado lá, ele ganha interesse. O que é ainda melhor é que, se você investir sensivelmente em ações e outras áreas, você pode ver retornos excelentes e relativamente previsíveis a longo prazo. Detalhes sobre como usar seu dinheiro para ganhar mais.

Invista em imóveis.

Imóveis são ativos relativamente estáveis, como propriedades de aluguel, ou terrenos em áreas com  potencial de desenvolvimento e em constante crescimento é uma boa maneira de construir riqueza. Mas, como em qualquer investimento, não há garantias. Muitas pessoas, no entanto, têm se dado muito bem com imóveis. É provável que esses investimentos se valorizem ao longo do tempo.

Riqueza todo mundo quer, mas poucas pessoas realmente sabe o que precisa fazer para obtê-la. Tornar-se rico leva uma combinação de sorte, habilidade e paciência. Para ficar rico, você precisa definir um caminho que leva a uma carreira monetariamente enriquecedora, em seguida, lidar com o dinheiro que você ganha sabiamente, investindo, poupando e reduzindo suas despesas.

Ficar rico não é fácil, mas com um pouco de perseverança e habilidade, é definitivamente possível.




SUGESTÕES PARA MÚLTIPLAS RENDAS:

A MÁQUINA DE VENDAS ONLINE

FORMULA NEGOCIO ONLINE

ACADEMIA DO IMPORTADOR

TRABALHADOR DIGITAL

Compartilhe

Sobre o autor | Website

Rodilson Empreendedor Digital, Autor, Colunista, investidor e fundador do Site Guia Corporativo.